A OAB SP disponibiliza para advogados e sociedade todo o conteúdo do Estatuto do Advogado e seu Regulamento, do Regimento Interno da Seção São Paulo e do Código de Ética.

Saiba como está estruturada a Ordem dos Advogados do Brasil – 21ª Subseção – Bauru, sua Diretoria, seus Conselheiros e o Tribunal de Ética e Disciplina.

Diretoria

Dr. Alessandro Biem Cunha Carvalho

Dr. Alessandro Biem Cunha Carvalho – Presidente

Dra. Márcia Regina Negrisoli Fernandez Polettini

Dra. Márcia Regina Negrisoli Fernandez Polettini – Vice-Presidente

franciscato_mini

Dr. Edson Franciscato Mortari -Secretário Geral

JANNONE

Dr. Eduardo Jannone da Silva – Secretário Geral Adjunto

Dr. Fabio Augusto Simonetti

Dr. Fabio Augusto Simonetti – Tesoureiro

 


Conselheiros

reis_02

Dr. Edson Reis

AÍLTON

Dr. Aílton José Gimenez


Tribunal de Ética e Disciplina

Dr. Jairo de Freitas
Presidente da Décima Turma Disciplinar do TED


 

Conselho Regional de Prerrogativas 7ª Região

Dra. Alcimar Luciane Maziero Mondillo

Dra. Alcimar Luciane Maziero Mondillo -Presidente

 


CAASP

dirceu

Dr. Dirceu Carreira Junior
Presidente
Administração Bauru – Telefone: 3227-4516

 


Histórico

Após a Revolução de 1930, durante o Governo Provisório, seria finalmente criada a Ordem dos Advogados do Brasil. Levi Carneiro seria o primeiro a assumir a presidência da nova instituição que acabara de nascer dos quadros e pela iniciativa do antigo Instituto dos Advogados. A sessão do dia 13 de novembro no IAB contou com a presença dos responsáveis pelo Projeto de Lei que oficializava a entidade: Edmundo de Miranda Jordão, Gualter Ferreira, Edgard Ribas Carneiro e Ricardo Rego. O conteúdo aprovado demonstrava a grande preocupação com o caos burocrático e administrativo, herdado do período imperial e não resolvido pela República Velha. Reproduzimos aqui o artigo 17 do Decreto 19.408 de 18/11/1930.

“Fica criada a Ordem dos Advogados Brasileiros, órgão de disciplina e seleção de advogados, que se regerá pelos estatutos que forem votados pelo Instituto dos Advogados Brasileiros, com a colaboração dos Institutos dos Estados, e aprovados pelo Governo”.